Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Em Cartaz

Por Raquel Carneiro
Do cinema ao streaming, um blog com estreias, notícias e dicas de filmes que valem o ingresso – e alertas sobre os que não valem nem uma pipoca
Continua após publicidade

Billie Eilish e Finneas batem recorde como mais jovens a ganhar 2 Oscars

Apenas outras três pessoas ganharam dois Oscars antes dos 30 anos - e nenhuma delas tinha menos de 28 anos

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 11h28 - Publicado em 10 mar 2024, 22h49

A cantora Billie Eilish, de 22 anos, e seu irmão, o compositor Finneas, de 26, se tornaram neste domingo, 10, os dois artistas mais jovens a ganhar dois Oscars antes dos 30 anos. A dupla já havia levado a estatueta pela canção-tema de James Bond, 007: No Time to Die, em 2020, e agora repete o feito na mesma categoria pela música What Was I Made For, de Barbie. Em seu discurso de agradecimento, a cantora apontou a diretora do filme, Greta Gerwig, e a protagonista, Margot Robbie, e disse não estar esperando o prêmio. “Eu me sinto muito sortuda e honrada”, declarou a artista.

.
Billie Eilish e Finneas durante apresentação de What Was I Made For, vencedora do prêmio de melhor canção original no Oscar (Stewart Cook/Disney/Getty Images)

Apenas três pessoas conquistaram dois Oscars antes dos 30 anos, e nenhuma delas tinha menos de 26 anos, idade de Finneas. Luise Rainer ganhou duas estatuetas consecutivas aos 28 anos por Ziegfeld – O Criador de Estrelas (1936) e Terra dos Deuses (1937); Jodie Foster em 1989 por Acusados (26 anos) e em 1992 por O Silêncio dos Inocentes (29); e Hilary Swank em 2000 por Meninos Não Choram (26) e em 2005 por Menina de Ouro (29).

Billie Eilish e Finneas com a estatueta do Oscar
Billie Eilish e Finneas com a estatueta do Oscar (//Getty Images)

A canção disputava com outra música da trilha Barbie, I’m Just Ken, de Mark Ronson e Andrew Wyatt; It Never Went Away, além de American Symphony, composta por Jon Batiste e Dan Wilson; The Fire Inside, de Flamin’ Hot: O Sabor que Mudou a História, escrita por Becky G; e Wahzhazhe (A Song for My People), de Assassinos da Lua das Flores, de Osage Tribal Singers.

Acompanhe notícias e dicas culturais nos blogs a seguir:

Tela Plana para novidades da TV e do streaming
O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
Em Cartaz traz dicas de filmes no cinema e no streaming
Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.