Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

William Shatner torna-se a pessoa mais velha a ir para o espaço

Foguete da Blue Origin, empresa espacial de Jeff Bezos, foi lançado do estado americano do Texas

Por Alessandro Giannini Atualizado em 13 out 2021, 15h26 - Publicado em 13 out 2021, 11h53

O ator americano William Shatner, enfim, ultrapassou a “fronteira final”. Aos 90 anos, o eterno Capitão Kirk da série clássica Jornada nas Estrelas juntou-se, na manhã desta quarta-feira, 13, a três outros passageiros em uma viagem controlada para o espaço que durou pouco mais de dez minutos. A empresa espacial de Jeff Bezos, a Blue Origin, convidou Shatner para a breve excursão que o tornará a pessoa mais velha a fazer esse percurso. O foguete New Shepherd 18 (NS-18), que leva a tripulação, foi lançado do Texas.

Ao lado de Shatner, voaram Chris Boshuizen, ex-engenheiro da Nasa e cofundador da empresa de satélites Planet Labs, Glen de Vries, cofundador da empresa de software Medidata e vice-presidente da empresa de software Dassault Systèmes, além de Audrey Powers, vice-presidente de missões e operações de voo da Blue Origin. Bezos estava no local de lançamento e de pouso perto de Van Horn, no Texas, para acompanhar a operação.

O lançamento do NS-18 ocorreu às 11h50, horário de Brasília. Para chegar a uma altitude de mais de cem quilômetros, o foguete atingiu a velocidade máxima de subida de 3 500 quilômetros por hora. A tripulação teve cerca de quatro minutos para apreciar a paisagem com a sensação de gravidade zero. Na volta, a cápsula que levava a tripulação tocou o terreno texano exatamente ao meio-dia. Pouco antes da aterrissagem, Shatner podia ser ouvido dizendo: “Isso é diferente de tudo que eu já vi”.

Jeff Bezos e William Shatner
William Shatner e Jeff Bezos após a viagem de cerca de dez minutos que o ator fez ao espaço pela espaçonave da Blue Origin – Blue Origin/Reprodução

Bezos recepcionou os tripulantes no local. Já em terra firme, o capitão Kirk, visivelmente emocionado, disse ao dono da Amazon e da Blue Origin: “Todos no mundo precisam sentir isso. Foi inacreditável. Rapidamente, o céu deixa de ser azul e escurece, e ao olhar para baixo é a Terra que fica azul. Nunca esperei [essas mudanças de cores]. Um azul que vai ficando tão claro e, em um minuto, fica escuro. De repente, se atravessa o azul e se passa a ver o escuro, enquanto a luz está lá embaixo”.

William Shatner e Jeff Bezos
William Shatner aprende com Jeff Bezos como será o voo em um vídeo da Blue Origin – Blue Origin/Reprodução

Fora da cápsula, enquanto equipe, outros tripulantes e suas famílias comemoravam o sucesso da missão, Shatner continuou falando sobre sua experiência: “Impressionante como é fina a camada de oxigênio de nosso planeta. Lá em cima vi que fora dela o que haveria [se não fosse o oxigênio da cabine] seria morte. É muito importante que todos tenham essa experiência. Foi a mais profunda de toda minha vida. Espero que nunca me recupere do que senti há pouco”.

Continua após a publicidade

Foi o segundo voo de passageiros da Blue Origin. Há três meses, a mesma cápsula e foguete levaram Bezos, seu irmão e mais dois passageiros para o espaço. A empresa planeja continuar promovendo voos como esse. Até o momento os valores pagos por Boshuizen e De Vries não foram revelados.

“Estamos apenas no começo, mas como esse começo é milagroso. Como é extraordinário fazer parte desse início ”, disse Shatner em um vídeo da Blue Origin postado na véspera de seu voo. “Parece que há uma grande curiosidade sobre este personagem fictício, o Capitão Kirk, indo para o espaço. Então, vamos continuar e aproveitar o passeio.”

Continua após a publicidade
Publicidade