Clique e assine com até 92% de desconto

Panda emprestada pela China engravida pela primeira vez na França

O bebê será o primeiro a nascer no país europeu. Para especialistas, a gravidez é uma esperança para a preservação desses animais, que estão ameaçados

Por Da redação 27 jul 2017, 16h48

Huan Huan, panda fêmea emprestada pela China ao jardim zoológico de Beauval, no centro da França, está grávida, anunciou o zoo nesta quarta-feira. É a primeira vez que pandas se reproduzem no país.

Equipes de veterinários acompanharam a ultrassonografia da fêmea e viram o filhote pela primeira vez. “É excepcional. Explodimos de alegria, porque fazia muito tempo que esperávamos este momento. É também uma esperança para a preservação dos pandas, que estão ameaçados de extinção na natureza”, disse a diretora de comunicação do zoológico, Delphine Delord.

  • O macho Yuan Zi e Huan Huan, de quase 9 anos, chegaram em janeiro de 2012 em Beauval, por empréstimo da China por dez anos, depois de negociações entre Paris e Pequim. O filhote deve partir para a China dentro de dois ou três anos. Huan Huan e Yuan Zi são os únicos pandas gigantes presentes na França – apenas 19 zoológicos em todo mundo têm pandas fora da China.

    “A fêmea é fértil uma vez por ano por 48 horas. Nós os colocamos juntos em fevereiro. Não houve cópula, então, fizemos uma inseminação artificial”, explicou Delord. No ano passado, Huan Huan abortou, algo comum entre os pandas, após uma primeira tentativa de fertilização.

    Os pandas têm a capacidade de parar o desenvolvimento do feto se sentirem que o período não é favorável para dar à luz, algo raríssimo no reino animal. Este é o período chamado de “diapausa”.

    “Fizemos vários ultrassons. Se há fertilização, a fêmea entra em diapausa, sai da diapausa e o feto se instala. Então, este é o início da gravidez”, explica Delord. Quando está grávida, o comportamento da fêmea panda muda. Ela dorme durante todo o dia e perde peso.

    O nascimento está previsto para 4 ou 5 de agosto. A gestação desses animais dura cerca de 50 dias. O bebê deve pesar 100 gramas.

    (Com AFP)

    Continua após a publicidade
    Publicidade