Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Nasa busca parcerias privadas para levar astronautas à superfície da Lua

Iniciativa integra o projeto Artemis, que levará os primeiros humanos ao satélite terrestre em mais de 50 anos

Por André Sollitto 23 mar 2022, 17h01

Nesta quarta-feira, a Nasa, a agência espacial americana, anunciou que está em busca de parceiros do setor privado para desenvolver naves aterrisadoras (chamadas “landers”) capazes de levar astronautas da órbita à superfície lunar. A iniciativa faz parte do projeto Artemis, que quer expandir a presença humana no espaço e levar uma mulher e uma pessoa negra para a Lua.

As companhias interessadas precisarão apresentar conceitos de espaçonaves para a Nasa, e poderão fechar contratos de longo prazo como parte da missão de exploração lunar da agência americana. “A competição é fundamental para nosso sucesso na superfície lunar e além, garantindo que tenhamos a capacidade de realizar uma cadência de missões na próxima década”, afirmou Bill Nelson, administrador e maior autoridade da Nasa.

A parceria entre a agência e empresas privadas não é novidade. Em abril do ano passado a SpaceX, de Elon Musk, foi escolhida para ajudar no projeto de levar astronautas à Lua como parte da missão Artemis III. De acordo com o cronograma oficial, esse lançamento acontecerá em abril de 2025. A estratégia é continuar desenvolvendo outras missões com a SpaceX e iniciar uma segunda parceria para futuros serviços recorrentes de transporte lunar para astronautas na Lua.

No final de 2021, a Nasa apresentou ainda contratos firmados com as empresas Blue Origin, de Jeff Bezos, Northrop Grumman e Nanoracks para a construção de estações no espaço. O objetivo do programa Commercial LEO Destinations (CLD) é manter uma presença constante na órbita do planeta, mas sem as despesas que a manutenção de uma estação exige. E a Estação Espacial Internacional está com os dias contados, então o desenvolvimento das novas estruturas será fundamental.

No futuro (ainda distante), a Nasa espera ter o caminho estabelecido para dar o próximo salto na história da exploração espacial: enviar uma missão tripulada para Marte.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)