Clique e assine a partir de 8,90/mês

Júpiter ‘roubou’ massa de Marte no início do Sistema Solar

Artigo publicado na revista 'Nature' explica por que o planeta vermelho tem apenas a metade do diâmetro da Terra e apenas um décimo de sua massa

Por Da Redação - Atualizado em 6 Maio 2016, 17h07 - Publicado em 6 jun 2011, 17h48

O tamanho de Marte sempre foi um mistério para os astrônomos. Pela localização, o planeta vermelho deveria ter dimensões próximas às da Terra e de Vênus. Mas seu diâmetro é aproximadamente a metade da Terra, e sua massa, cerca de um décimo. A explicação para o tamanho reduzido pode estar na origem do Sistema Solar: Júpiter teria ‘roubado’ matéria de Marte durante a formação dos planetas, conforme estudo publicado na revista Nature.

Segundo uma equipe internacional de cientistas liderada por Kevin Walsh, pesquisador Instituto de Pesquisa Southwest, nos Estados Unidos, Júpiter teria migrado para uma distância de 1,5 unidade astronômica (UA, a distância entre o Sol e Terra) do Sol, atraindo por gravidade matéria que de outra forma serviria à formação do vizinho Marte.

O problema da teoria é que ela não explicava como a posterior migração de Júpiter para a distância de quatro unidades astronômicas seria compatível com a atual presença de um cinturão de asteroides na mesma região. Usando modelos já observados em planetas fora do Sistema Solar, os pesquisadores descobriram que a passagem de Júpiter pela região reorganizou o cinturão, hoje formado por dois tipos de corpos celestes: um tipo bastante rochoso e outro rico em água, similar aos cometas.

“A movimentação de Júpiter mudou a distribuição de corpos celestes no Sistema Solar”, diz Walsh.

Continua após a publicidade
Publicidade