Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Evento espacial energético é ainda mais poderoso do que se pensava

Explosão de estrelas gigantes liberam duas vezes mais energia do que o estimado antes, expelindo radiação e matéria

Um estudo de astrônomos de diversas universidades e nacionalidades registraram e investigaram a maior emissão de radiação gama já observada no espaço. A quantidade descomunal de energia veio da explosão de uma estrela gigante, segunda a pesquisa publicada no periódico científico Nature desta semana,

Quando esse tipo de astro acaba com o combustível que usa para queimar, eles colapsam sob o peso de sua própria gravidade em uma explosão de luz e matéria extremamente energética e violenta. Com a nova pesquisa, os astrônomos revelaram que esses eventos, que liberam quantidades enormes de raios gama, emitem aproximadamente duas vezes mais energia, em relação ao que antes se pensava sobre.

Essas estrelas são de 30 a 50 vezes maiores do que o Sol. Quando explodem, podem se transformar em buracos negros ou em pequenas estrelas de nêutrons (as menores e mais densas das quais se tem notícia). Ao longo do processo de transformação, a radiação e matéria expelidos têm velocidades próximas à da luz.

Mais de 20 telescópios estavam virados para a estrela durante a ocorrência, graças a um aviso dado por tecnologias de observação espacial. De acordo com os cientistas, trata-se do tipo de acontecimento de maior intensidade eletromagnética conhecido pela ciência.

Explosões de raios gama acontecem cerca de uma vez por dia, liberando mais energia em alguns segundos de explosão do que o Sol liberará durante os 10 bilhões de anos em que queimará. Esse evento em especial ocorreu a 4,5 bilhões de anos-luz da Terra.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Severino Ferreira

    O universo é composto por energia e matéria! Nada mais que isso! Somos energia e matéria!

    Curtir