Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Entenda o que é um vórtice polar

Grande massa de ar gelado girando sobre os polos é a causa do frio nos EUA

Por Da Redação - Atualizado em 6 maio 2016, 16h15 - Publicado em 8 jan 2014, 01h18

O fenômeno que está fazendo a temperatura nos Estados Unidos despencar é conhecido como vórtice polar. Trata-se de uma gigantesca massa de ar gelado, que gira sobre si própria como um ciclone e fica estacionada sobre os polos: vórtice é o círculo apertado formado por essas fortes correntes de ar. Ele localiza-se na estratosfera (entre 24 e 48 quilômetros de altitude), a camada acima da troposfera, onde vivemos. “Vórtice polar é um padrão do planeta, que existe como as correntes de ar quente e frio que se movimentam todos os anos”, diz Samantha Martins, meteorologista do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP (IAG-USP).

Leia também:

Frio ‘escapa’ do Ártico e derruba termômetros na Europa e nos Estados Unidos

No verão, o vórtice torna-se mais fraco e, no inverno, devido à diminuição da radiação solar, ele ganha força. Junto às poderosas correntes de ar conhecidas como jet streams, dispersa pedaços de ar glacial que saem dos polos e se dirigem ao sul. São essas massas geladas que derrubam as temperaturas dos termômetros. “O vórtice polar favorece a formação das frentes frias características do inverno”, diz Samantha. “As baixas temperaturas são uma combinação de diversos fatores como as massas de ar frio, latitudes e a divisão de águas entre os continentes.”

Publicidade