Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Contaminação do ar causou 7 milhões de mortes em 2012

Dados fazem parte de novo estudo da OMS, que ainda mostrou que mais da metade desses óbitos ocorreu devido à má qualidade do ar doméstico

Por Da Redação Atualizado em 6 Maio 2016, 16h13 - Publicado em 25 mar 2014, 12h00

Ao menos 7 milhões de pessoas morreram no mundo em 2012 devido à contaminação do ar, mostrou um novo estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS). Esse número é mais do que o dobro registrado pelo órgão na última pesquisa sobre o assunto, feita em 2008, quando ocorreram 3,2 milhões de mortes por esse motivo.

Segundo a OMS, das mortes por contaminação do ar registradas em 2012, 4,3 milhões ocorreram devido aos efeitos da contaminação do ar doméstico, que pode ser causada, por exemplo, pela fumaça de aparatos de cozinha aquecidos com madeira ou carvão. O restante dos óbitos foi ocasionado pela contaminação do ar externo.

Leia também:

OMS classifica poluição do ar como fator cancerígeno

China vai inspecionar fábricas para conter poluição

O estudo da OMS, divulgado nesta segunda-feira, mostrou que regiões da Ásia e do Pacífico são as mais afetadas pela contaminação do ar, concentrando 84% de todas as mortes decorrentes dessa causa.

A OMS considerou os resultados do estudo como “chocantes” e “preocupantes”. “A contaminação do ar é, hoje, o fator ambiental mais impactante sobre a saúde das pessoas de todo o mundo, tanto de países ricos quanto dos mais pobres”, diz María Neira, diretora do Departamento de Saúde Pública da OMS. De acordo com María, a contaminação do ar eleva o risco especialmente de doenças cardíacas, derrames cerebrais e câncer no pulmão.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade