Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cientistas criam o sorvete ideal: não engorda e derrete devagar

Pesquisadores escoceses descobriram uma proteína natural que dispensa a necessidade de muita gordura ou açúcar

Cientistas escoceses descobriram uma proteína capaz de criar o sorvete perfeito. A substância natural é capaz de agregar água, ar e gordura, criando uma textura tão cremosa que demora a derreter, mesmo nos dias de mais calor. Além disso, sua consistência permite o uso de pouquíssima gordura, ou seja, menos calorias. É um sorvete que engorda menos e derrete devagar, prolongando o sabor.

Leia também:

A ciência cria o alimento perfeito: uma alga com gosto de bacon e mais saudável que legumes

Na Alemanha, a onda de calor fez mais uma vítima: o sorvete

Sorvete ecológico – Conhecida BslA, a proteína está presente em alguns alimentos como uma bactéria inofensiva aos seres humanos. É encontrada no “natto” – tradicional alimento japonês feito de soja fermentada. A BslA impede que o ar escape do sorvete, evitando o derretimento. Ela substitui as moléculas de gordura usadas para estabilizar a mistura da massa e também pode tornar desnecessária a adição de grandes quantidades de açúcar. Os cientistas estimam que ela pode ser utilizada também em alimentos como mousses e maioneses para diminuir a quantidade de calorias.

Segundo os pesquisadores das universidades de Edimburgo e Dundee, na Escócia, responsáveis pelo desenvolvimento do novo produto, ele deverá ser comercializado dentro de três a cinco anos. A equipe afirma que a nova substância pode ainda ser uma maneira de tornar o sorvete um alimento mais sustentável – pois necessitará de menos energia para permanecer gelado, seja no freezer ou durante o transporte das fábricas para as sorveterias.

(Da redação)