Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

China manda segunda missão tripulada para estação espacial

Foguete Longa Marcha-2F, que leva a espaçonave Shenzhou-13, será lançado às 13h23, no horário brasileiro, de Jiuquan

Por Alessandro Giannini Atualizado em 14 out 2021, 16h53 - Publicado em 15 out 2021, 07h30

Nesta sexta-feira, 15, a China enviará ao espaço três astronautas para a estação espacial em construção na qual a tripulação deve permanecer durante seis meses. O foguete Longa Marcha-2F, que leva a espaçonave Shenzhou-13, será lançado às 13h23, no horário brasileiro, do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, próximo do Deserto de Gobi, no noroeste do país.

Será a segunda de quatro missões tripuladas à estação, que deve ser concluída até o fim do ano que vem. Zhai Zhigang, de 55 anos, que integrou a primeira turma de astronautas chineses no fim dos anos 90, será o comandante da missão. Zhai será acompanhado por Wang Yaping e Ye Guangfu, ambos de 41 anos. Wang será a primeira mulher astronauta a visitar a estação chinesa.

Zhai realizou a primeira caminhada espacial da China na missão Shenzhou-7, em 2008. Wang, que participou da missão Shenzhou-10, em 2013, será também a primeira astronauta mulher a realizar atividades extraveiculares. Ye é um recém-chegado ao espaço.

“Depois de quase dois anos de treinamento, nossos tripulantes agora se conhecem bem e têm um entendimento tácito. Acredito que, com o poder e a sabedoria de nossa equipe, superaremos todas as dificuldades ”, disse Zhai.

A missão deve continuar o trabalho da tripulação anterior, que fez duas caminhadas espaciais, implantou um braço mecânico de 10 metros e realizou uma videochamada com o líder chinês Xi Jinping. As atividades da nova missão incluem até três caminhadas espaciais para instalar equipamentos de preparação para a expansão da estação, verificar as condições de vida no módulo e conduzir experimentos em medicina espacial e outras áreas.

O vice-diretor da Agência Espacial Tripulada da China, Lin Xiqiang, disse que o foguete estava abastecido e pronto para voar. “Todos os sistemas que conduzem a missão Shenzhou-13 passaram por um teste abrangente. A tripulação de voo está em boas condições e nossos preparativos de pré-lançamento estão em ordem ”, disse Lin na quinta-feira.

A China começou a construir sua primeira estação espacial permanente em abril, com o lançamento do Tianhe, o primeiro de seus três módulos. Ligeiramente maior do que um ônibus, funcionará como alojamento assim que a estação estiver pronta. A missão anterior, Shenzhou-12, também com três astronautas, se hospedou na Tianhe durante 90 dias, entre julho e setembro.

Continua após a publicidade

Publicidade