Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Astronautas chegam à estação espacial chinesa

Tripulação atracou no módulo principal, Tianhe, cerca de seis horas e meia depois de decolar

Por Alessandro Giannini Atualizado em 17 jun 2021, 13h54 - Publicado em 17 jun 2021, 13h53

Após cinco anos, a China volta ao espaço com uma missão tripulada. Nie Haisheng, Liu Boming e Tang Hongbo decolaram na nave espacial Shenzhou-12, às 9h22 desta quinta, 17 (22h22 de quarta, 16, no horário brasileiro), e atracaram no módulo principal da estação, o Tianhe, cerca de seis horas e meia depois.

O lançamento ocorreu na base de Jiuquan, noroeste da China, apenas dois meses depois de o país ter colocado o Tianhe em órbita. Na ocasião, o foguete usado por Pequim voltou para a Terra sem controle e caiu no Oceano Índico.

Nie, Liu e Tang devem ficar na estação Tiangong (“Palácio Celestial”) por três meses e farão dois passeios externos. Essa é a segunda estação espacial na órbita da Terra, já que a China nunca aderiu à Estação espacial Internacional (ISS), fruto de uma colaboração entre Estados Unidos, Europa, Canadá, Japão e Rússia.

Com esta tripulação, a China aumenta para 14 o número de astronautas que enviou ao espaço, desde que alcançou o feito pela primeira vez, em 2003. O envio de tripulantes para sua estação representa mais um avanço no programa espacial da China, que recentemente coletou amostras de rocha na Lua e mandou uma sonda e um robô para Marte.

Continua após a publicidade

Publicidade