Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vereador de SP sobre aumento do próprio salário: ‘Justo’

Milton Leite (DEM) diz que aumento é compatível com o vencimento de outros parlamentares do país. Vencimentos passam de 15.031,76 reais para 18.991,68 reais

Favorito a assumir a presidência da Câmara Municipal de São Paulo no próximo ano, o vereador Milton Leite (DEM) foi um dos signatários do projeto que reajustou em mais de 26% o salário dos próprios parlamentares. Minutos antes do início da sessão desta terça-feira, ele disse a VEJA que o aumento tinha “chances mínimas” de passar por falta de “condições políticas”.

Pois essas questões se resolveram rapidamente e o projeto foi aprovado em menos de cinco minutos por 30 vereadores de diferentes partidos, do PSDB ao PT, incluindo Leite. Além dele, assinaram a proposta como membros da Mesa da Casa os vereadores Adilson Amadeu (PTB) e Adolfo Quintas (PSD).

O democrata disse considerar o reajuste “nem muito, nem pouco”, mas “justo” e “compatível com o de outros políticos pelo país”.

Perguntado sobre o desgaste de o aumento vir justamente num momento em que crise econômica assola o país, afirmou que “política salarial é um negócio muito pessoal. O problema é que nós discutimos a nossa”. O vereador também cutucou os colegas que disseram não ao aumento. “Pergunta a eles se vão recusar agora. Pois deveriam, né?”

Por que o sr. é favorável a aumentar o próprio salário? Sou favorável porque é um reajuste abaixo da inflação. A inflação no período (de quatro anos) foi de cerca de 32%. E o nosso reajuste é de 26,3%.

Mas com toda essa crise econômica.. O projeto não vem em má hora, não é uma afronta à população? É um salário compatível com o de outros parlamentares do país. Eu diria que é sustentável. Política salarial é um negócio muito pessoal. Cada categoria deveria discutir a sua. O problema é que nós discutimos a nossa.

O sr. considera 15.000 reais pouco? Não estou dizendo que é pouco ou muito. É justo. Você fala em 15.000 reais. Mas são 11.017 reais (Leite abriu a gaveta e mostrou à reportagem o seu holerite, que é público). Você desconta. Então, não é tanto assim.

E o que o sr. achou dos vereadores que votaram não? Todos que votaram contra vão receber o aumento mesmo assim. É só poser. Gosta de posar de bonitinho. O que é isso? É hipocrisia. Então, diga agora: voto não, mas também não quero. Por uma questão de postura, eles deveriam fazer isso, né?

E o modo como a proposta foi aprovada, em menos de cinco minutos…  Foi rápida porque ninguém se inscreveu para falar [com exceção do vereador Toninho Vespoli (PSOL)]. Era só se inscrever para falar. Mas ninguém fez isso, né. Também não vi ninguém dizer que vai recusar o aumento.

Não acha errado votar o próprio aumento? Nós não votamos o próprio aumento, mas votamos para a próxima legislatura.

Sim, mas 33 vereadores foram reeleitos. Não seria melhor, então, ter discutido o aumento no início do ano? Olha, 22 vereadores não renovaram o contrato. E alguns deles até votaram a favor, mesmo com o desgaste. A eleição é um contrato com o povo. O povo te contrata para um trabalho de 4 anos. Não temos férias, não temos 13º. O pessoal também tem que considerar isso na recomposição do salário.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Para que serve mesmo um Vereador, senão para colocar nome em ruas e praças; No resto do tempo estão esbanjando o dinheiro do contribuinte com mordomias desnecessárias. Reforma política já.

    Curtir

  2. Fernando Cesar Romo Rojas

    Cambada de Pilantras . e vem com explicações Bestas . Tudo Semvergonha , Caras de Pau , e engraçado para aumentar o propio salario não tem , Briga PT , PSDB , PESOL Tudo Farinha do mesmo Saco

    Curtir

  3. joao pereira de oliveira

    Cada um tem o que merece, para votar em vereadores da laia que nos temos, melhor é ficar em casa, e espero que pelo menos 51% dos brasileiros deixem de votar.

    Curtir

  4. Frida Albuquerque

    “Nobre colega é justo. Muito justo. É justíssimo.”

    Curtir

  5. George Brandão

    Vereadores de São Paulo tem a importantíssima missão de trocar os nomes das ruas, dar títumos e comendas para seus amigos próximos e aumentar os próprios salários, mais nada. Bando de inúteis. Justo seria a população invadir a câmara e dar uma surra nestes vagabundos.

    Curtir

  6. O POVO DE PRESIDENTE PRUDENTE FICARAM QUIETOS DIANTE DA ATROCIDADE DO AUMENTO DOS VEREADORES DE 4 MIL REAIS PASSOU PARA 15 MIL REAIS—OS IMPOSTOS ALTISSIMOS PRA SUSTENTAR ESSES VAGABUNDOS CORRUPTOS-QUE APROVARAM LICITAÇÕES NA SURDINA–

    Curtir

  7. Paulo De Tarso

    Justo por que? O que vcs fazem por 18000 mil reais além de ficarem vendo pornografia e jogando paciência ? Cambada de vagabundos

    Curtir

  8. Francisca França

    O que precisa é mudar essa lei absurda, que permite que os poderes aumentem os próprios salários. Acho que detendo esse poder, qualquer um vai querer essa mamata…….

    Curtir

  9. Aí você ver que essa classe política não vale o que come, não produz nada pra população e só dá prejuízo, bando de fdp!

    Curtir

  10. Conceição Pavão

    Os municípios, os estados, o país nunca tem verba pra melhoria nenhuma, o dinheiro vai tudo para esses vagagabundos que se intitulam de políticos, não valem o que o gato enterra.

    Curtir