Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Vale anuncia aporte de US$ 1,9 bilhão para nove barragens em Minas Gerais

Montante será para eliminar duas barragens, mudar o modelo de cinco e elevar a segurança em outras duas. Empresa diz que nenhuma delas receberá rejeitos

Por Redação 8 jun 2019, 14h26

A Vale anunciou que irá destinar US$ 1,9 bilhão, cerca de R$ 7,4 bilhões, para acelerar o descomissionamento (encerramento) de nove barragens de resíduos em Minas Gerais. A medida faz parte da resposta da tragédia da barragem de Brumadinho (MG), que ocorreu em 25 de janeiro deste ano.

De acordo com comunicado da empresa, divulgado na noite de sexta-feira 7, duas barragens serão completamente eliminadas no período de três anos; cinco deverão ser transformadas no modelo a jusante (considerado mais seguro), antes do descomissionamento e outras duas terão seu fator de segurança elevado dentro de três anos antes do encerramento e descaracterização definitiva do uso da estrutura.

Em janeiro, a companhia já havia dito que iria eliminar as suas barragens construídas com método a montante, modelo considerado ultrapassado e utilizado nas estruturas de Mariana e Brumadinho.

“As primeiras obras de descaracterização da barragem 8B, na mina de Águas Claras, já foram iniciadas”, informa a companhia no comunicado. “Nenhuma das nove barragens a montante recebe novos rejeitos e as operações próximas a elas também se encontram paralisadas, como requisito para o andamento do processo de descaracterização”, completa.

Para 2019, a empresa projeta investimentos de R$ 256 milhões em gestão nas barragens, ante os R$ 241 milhões em 2018. “A Vale está passando por um momento crítico que criou oportunidades para identificar e reafirmar as prioridades da companhia: segurança, pessoas e reparação”, afirma o presidente da empresa, Eduardo Bartolomeo.

A siderúrgica ainda avalia que as despesas  serão entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões em 2019, cerca de US$ 500 milhões em 2020 e entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões nos “próximos anos”.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês