Clique e assine a partir de 9,90/mês

Brumadinho: Corpo é encontrado quatro meses após ruína de barragem

As buscas na região somam 131 dias. O corpo foi enviado para identificação do Instituto Médico Legal (IML) em Belo Horizonte

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 5 jun 2019, 15h34 - Publicado em 4 jun 2019, 22h33

Mais de quatro meses depois do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, os bombeiros encontraram na manhã desta terça-feira, 4, um corpo completo de vítima da tragédia, ocorrida em 25 de janeiro. As buscas na região somam 131 dias. O corpo foi enviado para identificação do Instituto Médico Legal (IML) em Belo Horizonte.

O cadáver, já em adiantado estágio de decomposição, foi encontrado perto de um terminal ferroviário de carga, dentro da Vale, que, segundo os bombeiros, era a frente de trabalho mais próxima do local do rompimento. A última morte confirmada e identificada pelas autoridades na tragédia de Brumadinho foi em 30 de maio.

O porta-voz dos bombeiros, Pedro Aihara, afirma que a localização do corpo, nestas condições, é atípica. “Depende de muitas variáveis. Onde estava, o caminho que percorreu na lama. Pelo local em que foi encontrado, a tendência é que este corpo estivesse segmentado”, disse.

O levantamento mais recente da Defesa Civil revela que, até o momento, foram identificados 245 mortos no rompimento da barragem da Vale no município. Outras 25 pessoas estão desaparecidas. Os números ainda não incluem os resultados de hoje das buscas.

Continua após a publicidade

Participam hoje das buscas em Brumadinho 142 bombeiros em vinte frentes de trabalho. São usados ainda dois cães farejadores, um drone e 137 máquinas pesadas. Não há previsão para o encerramento das buscas por vítimas por parte dos bombeiros em Brumadinho.

Publicidade