Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Trânsito em SP fica acima da média em dia de greve

O congestionamento é motivado pela combinação de dois fatores: greve de metroviários e suspensão do rodízio de veículos

Por Da redação - Atualizado em 18 jan 2018, 11h20 - Publicado em 18 jan 2018, 11h15

Os motoristas encontraram lentidão acima da média no trânsito da cidade de São Paulo nesta quinta-feira. Segundo a Companhia de Engenharia de Trágego havia 95 quilômetros de lentidão por volta das 11h. A média para o horário varia de 48 km a 74 km.

O congestionamento é motivado pela combinação de dois fatores: greve de metroviários e suspensão do rodízio de veículos.

Segundo a CET, o recorde de congestionamento do ano passado ocorreu em 15 de março, dia de greve geral nos transportes, com 201 quilômetros de lentidão. O congestionamento poderia ser maior se não estivéssemos em janeiro, mês de férias escolares. 

Com a suspensão do rodízio, motoristas com carro de placas com final 6 e 7 ficaram liberados para circular, sem restrição de horário.

Publicidade

A greve atinge parcialmente estações das linhas 1-azul, 2-verde, 3-vermelha e 5-lilás. Apenas a linha 4-amarela funciona totalmente. Já a linha 15-prata está totalmente paralisada.

Os metroviários protestam contra a concessão para a iniciativa privada das linhas 5-lilás e 17-ouro.

Publicidade