Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tiririca e Paulo Maluf são diplomados em São Paulo

Para o deputado federal mais votado do país, esse é 'o primeiro diploma de muitos'. Já Maluf falou sobre absolvição e disse que sempre 'confiou na Justiça'

“Tenho algumas ideias sobre direitos para os artistas circenses e para os ciganos, aos artistas em geral”

Tiririca, deputado federal eleito, sobre seus projetos

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) foi palco, nesta sexta-feira, da solenidade de diplomação dos candidatos eleitos pelo estado nas eleições de outubro. O deputado federal mais votado do Brasil, Francisco Everardo Oliveira Silva (PR-SP), o Tiririca, já recebeu seu diploma das mãos do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Walter de Almeida Guilherme. Muito aplaudido, Tiririca ergueu o certificado e cumprimentou os demais diplomados, entre eles o governador eleito Geraldo Alckmin (PSDB).

Na entrada da Alesp, o deputado disse que estuda a Constituição Federal e que se prepara para assumir o cargo. Nervoso, ele afirmou que a diplomação desta sexta é a “primeira de muitas”. Tiririca antecipou que o seu mandato terá como focos as áreas de educação e cultura. O deputado federal eleito afirmou também que pensa em propostas que beneficiem a classe artística. “Tenho algumas ideias sobre direitos para os artistas circenses e para os ciganos, aos artistas em geral”, afirmou. Novamente perguntado sobre o aumento salarial concedido a parlamentares, ele voltou a dizer que chega à Câmara dos Deputados num “momento bom”.

Quem também participa da cerimônia é Paulo Maluf, deputado federal reeleito. Maluf conquistou apenas na quinta-feira o direito de ser diplomado para mais um mandato. Sob sua absolvição no escândalo Frangogate, o deputado afirmou que sempre confiou na Justiça. Ele lembrou que o processo contra ele é de 1996 e insinuou que o Poder Judiciário foi moroso no julgamento da ação. “Eu deveria ter sido absolvido em 1997. Sou absolutamente inocente, como provado”. Ao contrário de Tiririca, Maluf não recebeu apenas aplausos: ele também foi vaiado pelos presentes à cerimônia.

O deputado federal Paulo Maluf chega à Assembleia Legislativa de São Paulo para sua diplomação O deputado federal Paulo Maluf chega à Assembleia Legislativa de São Paulo para sua diplomação

O deputado federal Paulo Maluf chega à Assembleia Legislativa de São Paulo para sua diplomação (/)

O caso da compra de frangos superfaturados na gestão de Maluf (1993-1996) gerou, segundo o Ministério Público Estadual (MPE), 1,2 bilhão de reais em prejuízos aos cofres públicos. Entre 1996 e 1997, empresa de um cunhado de Maluf forneceu carne de frango à Prefeitura de São Paulo a preços acima aos de mercado, segundo o MPE. Na época, os vereadores não investigaram o caso.

Questionado sobre o reajuste salarial dos parlamentares aprovado esta semana, Maluf classificou o aumento de “inoportuno”. “Quando o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, diz que tem de fazer corte no Orçamento, eu acho que (o aumento) foi inoportuno”, afirmou.

Na mesma cerimônia, fora diplomados o governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, e seu vice, Guilherme Afif Domingos (DEM), além da senadora eleita Marta Suplicy (PT) e do deputado estadual mais votado no estado, Bruno Covas (PSDB).