Clique e assine com 88% de desconto

Temporal mata 13 em Salvador

Na região de Alto Peru, no bairro San Martin, choveu em apenas 24 horas o equivalente a 64% esperado para o mês

Por Da Redação - 27 abr 2015, 16h45

Treze pessoas morreram em decorrência do forte temporal que atingiu a cidade de Salvador na madrugada desta segunda-feira, segundo o Corpo de Bombeiros. Na região de Avenida San Martin, um imóvel desabou e matou sete – duas vítimas chegaram a ser resgatadas com vida, mas não resistiram aos ferimentos. No Marotinho, no bairro Bom Juá, outros sete corpos foram encontrados.

De acordo com informações da Defesa Civil de Salvador (Codesal), na região de Alto Peru, no bairro de San Martin, choveu 198 milímetros somente nas últimas 24 horas – a média para o mês de abril é de 309 milímetros. O prefeito de Salvador, ACM Neto, convocou uma reunião de emergência no Palácio Thomé de Souza, sede da prefeitura, para avaliar o impacto das chuvas com secretários e dirigentes de órgãos.

Segundo a Defesa Civil de Salvador, o órgão recebeu 157 notificações entre a meia noite e as 15h30 horas desta segunda-feira. Foram registrados 103 deslizamentos de terra e 28 desabamentos, sendo dez de muros, seis de imóveis, além de uma obra e onze desabamentos parciais. Outros catorze imóveis acabaram alagados.

O Hospital Santo Antônio foi parcialmente invadido pela água. Os pacientes que estavam internados nos locais alagados foram transferidos para outras alas e unidades de saúde. Por meio de nota, a prefeitura de Salvador informou que realiza uma operação com 500 servidores para atuar nos locais afetados. A prefeitura disponibilizou locais para receber as famílias desabrigadas. O governo do estado colocou todo o efetivo da Polícia Militar da Bahia e o Corpo de Bombeiros no atendimento às vítimas das chuvas.

Publicidade

(Da redação)

Publicidade