Clique e assine a partir de 9,90/mês

Sete feridos no terceiro dia do Festival de São Firmino

Por Rafa Rivas - 9 jul 2012, 10h58

O terceiro dia do Festival de São Firmino terminou com sete feridos nesta segunda-feira em Pamplona (norte da Espanha), quando milhares de homens correram na frente de seus touros bravos.

Os touros da criação de gado Cebada Gago de Cádiz, no sul da Espanha, fiel a sua reputação de perigosos, fizeram o percurso nas ruas de Pamplona em 3 minutos e 37 segundos.

Sete corredores ficaram feridos e precisaram ser levados ao hospital, entre eles dois britânicos, de 20 e 29 anos, e um americano, de 39 anos, feridos pelos chifres dos touros, segundo um balanço dos organizadores.

Os três foram vítimas de Fugado, um touro de 545 quilos, que liderou a corrida, girando algumas vezes de um lado para o outro e levando perigo para os corredores, até que os pastores conseguiram dirigi-lo à praça de touros, ponto final do percurso.

Continua após a publicidade

Todas as manhãs até o dia 14 de julho milhares de homens vestidos de branco e com um lenço vermelho no pescoço participam desta corrida.

No sábado, seis corredores ficaram feridos no primeiro dia desta festa de São Firmino e outros dois no domingo.

Espera-se que meio milhão de visitantes passem até o dia 14 de julho por Pamplona, para participar destas festas taurinas, as mais famosas da Espanha.

Todos os anos, entre 200 e 300 corredores ficam feridos, 3% deles gravemente.

Continua após a publicidade

As corridas também acabam por vezes com a morte de algum participante. Desde 1911, 15 homens morreram correndo com os touros, o último em 2009, quando um jovem espanhol de 27 anos foi chifrado pelo touro.

Publicidade