Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Sargento da PM é 30º policial assassinado no Rio

Outro ataque a tiros matou três homens e deixou uma criança ferida em São Gonçalo, na região metropolitana da capital

Por Da redação 20 mar 2018, 09h47

O sargento da Polícia Militar Rogério Lima dos Santos, de 37 anos, morreu durante uma operação na segunda-feira na favela da Caixa D’Água, em Queimados, na Baixada Fluminense. Segundo o Disque Denúncia, o sargento foi o trigésimo policial assassinado neste ano no estado do Rio de Janeiro.

Santos estava na Polícia Militar há 18 anos e era solteiro. O Disque Denúncia está oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil por informações que levem à identificação e prisão dos envolvidos na morte do sargento.

Também na segunda-feira, um ataque a tiros matou três homens e deixou uma criança ferida em São Gonçalo, na região metropolitana da capital fluminense. Segundo a PM, os disparos teriam sido dados por criminosos que passaram de carro, na Rua União, no bairro Nova Cidade.

  • Quando os agentes chegaram ao local encontraram dois homens mortos, além de uma criança e outro homem, que seria o pai dela, feridos. Os atiradores já tinham fugido.

    Pai e filho foram levados para o hospital, mas o adulto não resistiu aos ferimentos e morreu. A criança está internada no hospital Alberto Torres. Não foram divulgadas informações sobre seu estado de saúde.
    O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.

    Quem tiver informações pode entrar em contato com o Disque Denúncia pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; central telefônica (21) 2253-1177; por meio do Facebook/(inbox), https://www.facebook.com/procurados.org/; ou pelo aplicativo do Disque Denúncia RJ.

    (Com Agência Brasil)

    Continua após a publicidade
    Publicidade