Clique e assine a partir de 9,90/mês

Projeto que mantém Virada Cultural no Centro passa em 1ª votação

Votação ocorre na mesma semana em que o prefeito eleito João Doria (PSDB) afirmou que vai transferir o evento para o Autódromo de Interlagos

Por Da redação - 8 dez 2016, 09h56

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou na noite desta quarta-feira, em primeiro turno, um projeto de lei sobre a Virada Cultural que diz que a prefeitura deve ter “como referência principal o centro histórico da cidade”. A aprovação acontece na mesma semana em que o prefeito eleito, João Doria (PSDB), afirmou que vai transferir o evento para o Autódromo de Interlagos, na Zona Sul da capital paulista, com duração de 12 horas.

Entre outras medidas que constam no projeto aprovado ontem, estão que o objetivo da Virada Cultural é “valorizar o centro histórico” de São Paulo e que ele deve ter duração de 24 horas “ininterruptas”. “A programação da Virada Cultural deverá contemplar, tanto quanto possível, a pluralidade de formas de expressão artística e a espontaneidade de manifestações culturais, por meio de apresentações, performances, exposições, oficinas, e intervenções”, diz o projeto.

Os autores da proposta são o vereador Andrea Matarazzo (PSD) e Floriano Pesaro (PSDB), atual secretário estadual de Desenvolvimento Social.

Publicidade