Clique e assine com 88% de desconto

Policial de UPP mata dois suspeitos no bairro do Andaraí

Segundo a PM, o soldado reagiu à ameaça dos traficantes. Familiares dos dois negam envolvimento com o tráfico

Por Da Redação - 26 jul 2012, 15h56

Dois homens foram mortos na noite de quarta-feira por um policial da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Andaraí, zona norte da cidade do Rio de Janeiro. Até o momento, esse é o único ponto de encontro entre as versões da polícia e dos familiares dos mortos. Segundo a assessoria da UPP, os PMs estavam patrulhando a área quando viram a dupla vendendo drogas em um beco da rua Leopoldo por volta das 21h. Os traficantes, então, teriam apontado suas armas contra os policiais.

Ainda de acordo com a Unidade de Polícia Pacificadora, um soldado atirou contra os dois e, com apenas um disparo, acertou ambos. Jean Marlon Alves Vieira, 18 anos, e Edmilson da Conceição, 21 anos, foram levados para o Hospital do Andaraí, onde morreram. Foram apreendidos um revólver calibre 32, a réplica de uma pistola, 106 troxinhas de maconha e 152 papelotes de cocaína. O material foi levado para a 19ª DP (Tijuca).

As famílias dos dois não confirmam a versão da polícia. Pessoas que conviviam com Jean e Edmilson disseram que eles não estavam armados e que são trabalhadores. Os policiais militares foram ouvidos na delegacia, que investiga o caso como porte ilegal de arma, tráfico de drogas e auto de resistência.

LEIA TAMBÉM:

Publicidade

Policial suspeito de ataque à UPP se apresenta à polícia

No Alemão, Exército recorre a paraquedistas para conter resistência do tráfico

A delicada construção da paz no Alemão

O Complexo do Alemão em estado de sítio

Publicidade

Publicidade