Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Papa doa R$ 11,7 milhões para reduzir dívida da JMJ

Doação do Vaticano reduzirá a dívida dos atuais 43,2 milhões para 30,7 milhões de reais

O papa Francisco determinou a doação de 11,7 milhões de reais para ajudar a saldar a dívida da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que trouxe o pontífice ao Rio na última semana de julho, em sua primeira viagem internacional. Esta quantia, somada aos 800 mil reais arrecadados pela campanha de doação lançada em outubro pelo Comitê Organizador Local (COL) do encontro católico, reduzirá a dívida dos atuais 43,2 milhões para 30,7 milhões de reais.

Leia também:

JMJ: A peregrinação para receber da igreja

Em nota divulgada na tarde desta sexta-feira, 03, o COL informou que “os recursos chegam para ajudar a saldar parte dos investimentos que fizeram possível essa grande festa de fé”. Em agosto, a Arquidiocese vendeu o imóvel onde funciona o hospital Quinta D’Or, por 46 milhões de reais, o que ajudou a pagar parte das contas da Jornada.

“Quando o papa Francisco esteve no Rio, em julho de 2013, ficou bem impressionado com tudo que experimentou naqueles dias, manifestando a intenção de contribuir financeiramente com a Jornada Mundial da Juventude. Foi uma iniciativa que partiu dele, reconhecendo a importância da JMJ para a juventude, a sociedade e a Igreja. Neste mês de janeiro, o gesto se concretizou. O Sumo Pontífice dispôs a contribuição de R$ 11,7 milhões”, diz a nota do Comitê Organizador Local.

Leia também:

Obra da Jornada Mundial da Juventude alaga casas em Guaratiba

Ministério Público aponta falhas na organização da Jornada Mundial da Juventude

(Com Estadão Conteúdo)