Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ônibus cai de viaduto na Avenida Brasil e sete morrem

Número de feridos ainda não foi confirmado. Bombeiros trabalham no resgate

Por Da Redação
2 abr 2013, 17h15

Um ônibus caiu de um viaduto sobre a Avenida Brasil, Zona Norte do Rio de Janeiro, deixando pelo menos sete pessoas mortas, na tarde desta terça-feira. O veículo, da empresa Paranapuan, saiu da Ilha do Governador em direção ao Castelo, no Centro. No viaduto Brigadeiro Trompowski, o ônibus rompeu a grade lateral de proteção e despencou de cabeça para baixo na pista lateral da avenida. A Avenida Brasil é o principal eixo de transporte rodoviário entre o Centro e os bairros das zonas Norte e Oeste, e divide com a Linha Vermelha o papel de escoamento de carga e passageiros entre o Rio e São Paulo.

Cerca de cinquenta agentes foram acionados dos quartéis da proximidade (Ramos, Benfica, Penha, Méier, Ilha do Fundão e Grupamento de Busca). Policiais militares e agentes da CET-Rio também estão no local, orientando o trânsito, que é lento no sentido Centro e deve ficar ainda mais complicado devido ao horário de pico.

Para o resgate das vítimas, foram mobilizados dois helicópteros, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil, que pousaram na pista central da Avenida Brasil. Os reflexos do congestionamento já têm impacto nas avenidas do Centro e nos túneis da Zona Sul, como Rebouças e Santa Bárbara.

Continua após a publicidade

Ainda não há informações sobre as causas do acidente. Também não foi confirmado o número de feridos – que pode passar de uma dezena. O viaduto Brigadeiro Trompowski é monitorado por câmeras da companhia de tráfego da capital, a CET-Rio. Policiais e peritos tentarão usar as imagens do sistema de tráfego e de estabelecimentos comerciais próximos para elucidar as causas do acidente. Por volta das 17h40, os bombeiros informaram que não havia mais vítimas nas ferragens.

Feridos – Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que cinco feridos foram encaminhados pelos bombeiros a dois hospitais da rede – pelo menos dois deles em estado gravíssimo. Quatro foram levados ao Getúlio Vargas, na Zona Norte: três homens de 18, 33 e 86 anos, e uma jovem de 17. E uma mulher de cerca de 30 anos foi hospitalizada no Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.