Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mulher ameaça processar pet shop onde cachorro morreu enforcado

Segundo dona, Nick apresentava sinais de que havia agonizado e fala em negligência de estabelecimento

Por Da redação Atualizado em 30 jul 2017, 12h48 - Publicado em 30 jul 2017, 12h42

Um cachorro morreu enforcado na clínica veterinária Pró Cão & Gato, em Jundiaí, interior de São Paulo. O shitzu Nick estava de coleira quando pulou da mesa onde aguardava o banho e a tosa. Pelo Facebook, a dona do cachorro, a professora Simone Navarro Silva, afirmou que vai processar o estabelecimento por “negligência”.

“A gente não perde algo que ama e logo em seguida é substituído, quero que os culpados paguem pelo erro. Eu entreguei o meu animal íntegro, feliz e quando o vi ele estava morto”, escreveu Simone, em referência a uma oferta que teria sido feita pela clínica de um outro cachorro como compensação.

  • Na publicação, a professora ainda indagou como foi feito o socorro ao animal, que, segundo ela, estava com a língua negra. “Quanto tempo ele ficou pendurado pelo pescoço? Vai saber o quanto sofreu, sozinho?”

    Simone ainda pediu a usuários que a criticavam que respeitassem a sua dor e declarou que estava de luto. “Eu me nego a pensar que certos comentários vieram de seres humanos. O Nick era mais sensível que muitos que aqui escreveram, ele conseguiu demonstrar amor pelas pessoas e animais. Eu perdi, sim, meu filho de pelos”.

    Continua após a publicidade
    Publicidade