Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

MP denuncia Pestalozzi de Friburgo por maus-tratos

Por Da Redação 9 dez 2011, 11h10

Por Solange Spigliatti

São Paulo – O presidente da Associação Pestalozzi de Nova Friburgo, no Rio, Adilson de Alencar Araújo, foi denunciado ontem pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por submeter a maus-tratos os usuários da associação que estavam sob sua tutela. Segundo o MP, também foi determinado o afastamento cautelar de Adilson, que também está proibido de frequentar a sede da instituição.

Adilson, de acordo com a denúncia, aplicava castigos físicos, como socos, tapas no rosto e empurrões, e psicológicos, como xingamentos, sob o pretexto de disciplinar os acolhidos. O texto da ação ainda relata que o presidente da associação colocou uma das crianças de cabeça para baixo em um vaso sanitário.

“Todas as vítimas, alunos com necessidades especiais da Associação Pestalozzi em Nova Friburgo, eram menores de catorze anos ao tempo do crime e foram castigadas física e/ou verbalmente pelo denunciado, presidente da referida instituição, com evidente abuso dos meios empregados”, ressalta a denúncia.

Continua após a publicidade

Publicidade