Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mortes causadas por policiais batem recorde em levantamento

Número de vítimas de ações de agentes das polícias civil ou militar aumentou 20,5% em um ano

O número de mortos em ações da polícia aumentou 20,5% de 2016 para 2017 segundo os dados compilados pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta quinta-feira (9).

Ao todo, a pesquisa com dados das secretarias de segurança de todos os estados contabiliza 5 144 vítimas em decorrência da atuação de policiais civis ou militares, em serviço ou fora dele, no ano passado.

Este é o maior número já registrado pela publicação desde 2013. Segundo o relatório, o total de mortos pela polícia mais que dobrou desde então. No primeiro ano em que o índice foi calculado, a publicação contou 2 212 mortes nessas circunstâncias.

Se a letalidade da polícia aumentou, o número de policiais mortos diminuiu 4,9% de 2016 para 2017. No ano passado, o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, responsável pela publicação, 367 policiais civis ou militares morreram em operação ou não.

Exceto por um leve aumento entre 2015 e 2016, o total de policiais mortos está em queda desde 2013, quando o relatório contabilizou 490 casos.

Veja alguns destaques das estatísticas do Anuário Brasileiro de Segurança Pública:

55.900 homicídios dolosos no país (aumento de 2,1% em relação a 2016)
2.460 latrocínios (redução de 8,2%)
955 lesões corporais seguidas de morte (aumento de 12,3%)

367 policiais mortos (redução de 4,9%)
5.144 mortos em intervenções policiais (aumento de 20%)

60.018 estupros (aumento de 8,4%)
1.133 feminicídios
221.238 registros de violência doméstica
4.539 mulheres vítimas de homicídio (aumento de 6,1%)

729.463 pessoas encarceradas em 2016
367.217 vagas no sistema prisional

119.484 armas de fogo apreendidas em 2017
94,9% delas não foram cadastradas na Polícia Federal

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. marco antonio rocha rodrigues

    Talvez se a polícia revidar com flores as mortes diminuam

    Curtir