Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil registra 175 mortes violentas intencionais por dia em 2017

Anuário Brasileiro de Segurança Pública que registrou um recorde 63.880 óbitos causados de forma violenta no ano passado

O Brasil teve cerca de 175 mortes violentas intencionais por dia no ano passado. É o que mostra o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que registrou um recorde 63.880 óbitos causados de forma violenta em 2017 — um crescimento de 2,9% em relação ao ano anterior.

De acordo com a publicação, o estado mais violento do país é o Rio Grande do Norte, com 68 mortes violentas para cada 100 mil habitantes — seguido pelo Acre (63,9/100 mil) e por Ceará (59,1/100 mil).

Os menores índices estão em São Paulo, que registrou 10,7 mortes violentas em um grupo de 100 mil pessoas, Santa Catarina (16,7/100 mil) e Distrito Federal (18,2/100 mil). A taxa média do país é de 30,8/100 mil.

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública, responsável pela publicação, compila as estatísticas consolidadas informadas pelos governos estaduais.

O critério de mortes violentas intencionais leva em conta, por exemplo, os números de homicídios dolosos, lesões corporais seguidas de morte, latrocínios, policiais mortos e vítimas fatais em intervenções policiais.

Veja alguns destaques das estatísticas do Anuário Brasileiro de Segurança Pública:

55.900 homicídios dolosos no país (aumento de 2,1% em relação a 2016)
2.460 latrocínios (redução de 8,2%)
955 lesões corporais seguidas de morte (aumento de 12,3%)

367 policiais mortos (redução de 4,9%)
5.144 mortos em intervenções policiais (aumento de 20%)

60.018 estupros (aumento de 8,4%)
1.133 feminicídios
221.238 registros de violência doméstica
4.539 mulheres vítimas de homicídio (aumento de 6,1%)

729.463 pessoas encarceradas em 2016
367.217 vagas no sistema prisional

119.484 armas de fogo apreendidas em 2017
94,9% delas não foram cadastradas na Polícia Federal

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Oda-se!

    Curtir

  2. Moderador zé ruela!

    Curtir

  3. CARLOS SOLRAC

    O brasileiro é realmente um povo muito cordial.

    Curtir