Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lutador preso por homicídio postou foto da vítima em rede social

Igor Uriel Tron Pereira Lomba, de 28 anos, é acusado de espancar um homem até a morte depois de discussão em bar

Um lutador foi preso pela polícia carioca na tarde de quarta-feira 22 na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro, acusado de espancar um homem até a morte. Igor Uriel Tron Pereira Lomba, de 28 anos, ainda postou uma foto da vítima desacordada em uma rede social.

O homem agredido, André Luiz França Caldas, de 44 anos, chegou ao hospital com lesões no abdômen e na cabeça e não resistiu aos ferimentos, de acordo com informações da secretaria de Saúde da cidade.

Segundo a Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Rio de Janeiro, o crime aconteceu na madrugada de quarta após uma briga na porta de um bar. Apesar de não ter sido preso em flagrante, as postagens de Igor na internet foram usados como prova de seu envolvimento no crime.

No momento da prisão, Igor estava na porta de uma academia de lutas na Tijuca. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital.

Na foto expondo a vítima ensanguentada, publicada em uma conta privada no Instagram, Lomba escreveu: “Tenta aí que o azar é certo, meche (sic) com quem te está quieto, crav_maga”.

O lutador mantém outros perfis em redes sociais. No Facebook, onde não fez menção à agressão, Lomba diz trabalhar como segurança particular e afirma que a coisa que mais odeia é “ver covardia”.  

Lomba acumula um histórico de passagens policiais. Em sua ficha, constam quatro ocorrências, três delas por violência doméstica.