Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Governo do DF demite diretor do DER após queda de viaduto

Rollemberg anunciou saída de Henrique Luduvice, do Departamento de Estradas de Rodagem, órgão que fiscaliza qualidade da infraestrutura rodoviária da cidade

Por Estadão Conteúdo 7 fev 2018, 23h32

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), anunciou nesta quarta-feira a demissão do diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Henrique Luduvice. A exoneração acontece um dia depois do desabamento de parte de um viaduto na região central de Brasília. O DER é o órgão responsável por assegurar a qualidade da infraestrutura rodoviária da cidade.

Luduvice será substituído pelo engenheiro Márcio Buzar, que era diretor de Edificações da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap). Ao divulgar a troca em seu site, o governo do DF não explicou o motivo da demissão. Em declaração à TV Globo após a queda do viaduto, o agora ex-diretor cobrou mais recursos para a manutenção de vias.

Rollemberg anunciou após o incidente que destinará 50 milhões de reais da reserva de contingência para obras necessárias em viadutos e pontes de Brasília, com prioridade para as intervenções no trecho onde parte do viaduto caiu na manhã de terça.

O desabamento atingiu duas das seis pistas do chamado Eixão Sul, principal via que corta os 14 quilômetros de extensão do Plano Piloto. O local do acidente está a poucos metros do prédio do Banco Central e a cerca de 3 quilômetros de distância da Praça dos Três Poderes, onde ficam a sede do Executivo, do Judiciário e do Legislativo.

Continua após a publicidade

Publicidade