Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Destaques da semana: PIB, Brasil líder do Mercosul e ‘La Casa de Papel’

Índice a ser divulgado deve confirmar queda econômica; Bolsonaro vai à Argentina assumir presidência do bloco sul-americano e série volta em nova temporada

Por Da Redação
Atualizado em 15 jul 2019, 06h30 - Publicado em 15 jul 2019, 06h30

Comece a semana bem informado e saiba o que será destaque no noticiário:

Pibinho? 

Na segunda-feira 15, o Banco Central divulga o IBC-Br de maio, índice que serve como uma prévia do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro. O indicador pode apresentar nova queda, retratando a demora na reação da economia – em abril, caiu 0,47%.  Em um relatório trimestral, divulgado na última semana de junho, o Banco Central já havia indicado que a atividade econômica não reagira no segundo trimestre e, por isso, a previsão para todo o ano estava sendo revista de 2,2% para 0,82% O próprio governo também espera um ‘pibinho‘ para este ano – na sexta-feira 12, revisou de 1,6% para 0,81% a estimativa oficial para o crescimento da economia brasileira no ano. 

À frente do bloco

Com a presença de Jair Bolsonaro, o Brasil assume na quarta-feira 17 a presidência rotativa do Mercosul durante encontro na cidade de Santa Fé, na Argentina. À frente do bloco, a prioridade brasileira deverá ser o encaminhamento da aprovação urgente do acordo de livre comércio com a União Europeia pelos Congressos dos quatro sócios sul-americanos. Bolsonaro preferiu fazer um ‘bate-volta’ e não passar uma noite no país vizinho – com isso, o vice Hamilton Mourão ficará menos que um dia como presidente interino. 

Reta final 

Última semana da disputa eleitoral entre os conservadores Boris Johnson e Jeremy Hunt pelo posto de primeiro-ministro britânico, atualmente ocupado por Theresa May. A escolha será formalizada na segunda-feira 22, quando votarão os eleitores do Partido Conservador, que detém a maioria no Parlamento e, por isso, tem o direito de indicar o futuro premiê. O principal desafio do vencedor será concluir o Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia, prevista para 31 de outubro. Johnson defende a saída mesmo sem um acordo com os europeus, arriscando mergulhar o país no caos e na recessão. Já Hunt, o atual ministro de Relações Exteriores, tem uma posição mais cautelosa, apesar de a nova liderança europeia se mostrar sem paciência para retomar negociações. 

Índia adia missão lunar 

Estava previsto para a madrugada desta segunda-feira 15 o lançamento da nave Chandrayaan 2 com destino ao polo sul da Lua, região onde há gelo. Horas antes, porém, o governo indiano adiou a missão por tempo indeterminado, após a detecção de problemas técnicos. A operação, que tem o objetivo de realizar estudos científicos e de mineralogia, marcará a participação do país em uma nova corrida espacial, na qual Estados Unidos, Rússia e China também competem. Se lançada no prazo original, a nave deveria alcançar o satélite no início de setembro. No sábado 20, completam-se cinquenta anos da chegada do homem à Lua. 

Uma história real 

Chega aos cinemas brasileiros na quinta-feira 18 O Rei Leão, nova versão da animação da Disney de 1994 que mistura computação gráfica e live action (personagens de carne e osso). Um dos mais aguardados remakes do estúdio, que vem resgatando seus clássicos com essa nova roupagem e obtendo resultados positivos, o longa de Jon Favreau (o mesmo diretor de Mogli, o Menino Lobo) explora um visual ultrarrealista ao contar a história de Simba, leãozinho-príncipe que perde o pai de maneira trágica e precisa encarar as dores do amadurecimento. O filme é dublado por nomes como Beyoncé, Donald Glover e Chiwetel Ejiofor em inglês, e Ícaro Silva e a cantora Iza, no Brasil. 

Bandidos amados 

La Casa de Papel partiu do plano ambicioso de um grupo de assaltantes para invadir a Casa da Moeda espanhola e terminou conquistando de forma surpreendente o público do mundo todo ao ser disponibilizada na Netflix, no final de 2017, meses depois de sua exibição original na televisão da Espanha. Tornou-se a série de língua não-inglesa mais vista da plataforma. A repercussão garantiu a encomenda de uma terceira temporada, que chega ao serviço na sexta-feira 19. A nova leva de episódios mostra a trupe voltando a se reunir, mas desta vez para resgatar um de seus colegas, que foi sequestrado. A Netflix já se adiantou e confirmou a quarta temporada da produção.  

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.