Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Colômbia confirma mais de 37 000 casos de zika no país, sendo 6 300 deste em grávidas

África do Sul também tem primeiro caso de zika, ligado a um empresário colombiano, confirmado neste sábado

A Colômbia registrou mais de 37 000 infectados pelo vírus zika, 6 300 destes são grávidas, informou neste sábado (20/02) o Instituto Nacional de Saúde (INS) do país.

São previstos mais de 600 000 infectados pelo vírus neste ano e meio milhão de casos de microcefalia repetindo a situação vivida no Brasil, o país mais afetado com mais de um milhão e meio de casos. O Ministério da Saúde colombiano também vinculou o zika com três mortes de doentes de Guillain-Barré.

Primeiro caso na África do Sul

Um colombiano foi o primeiro caso confirmado de zika na África do Sul neste sábado. O vírus, que está causando alarme internacional depois de se espalhar através de grande parte das Américas, foi detectado no homem durante sua visita a Joanesburgo, capital do país, afirmou o ministro da Saúde, Aaron Motsoaledi.

“O empresário apresentou febre e uma erupção cerca de quatro dias após a chegada na África do Sul, mas agora está totalmente recuperado”, disse ele.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de zika uma emergência internacional de saúde pública em 1º de fevereiro, observando sua associação com dois distúrbios neurológicos – microcefalia em bebês e síndrome de Guillain-Barré.

(Com AFP e Reuters)