Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bandidos ateiam fogo em ônibus e deixam DVD com aviso

Material continha reclamações de presos de cadeias do estado, que seriam os mandantes dos ataques; polícia investiga relação com crimes do início do ano

Dois homens armados atearam fogo em um ônibus na madrugada de segunda-feira, em São José, Santa Catarina. Os bandidos entregaram dois DVDs para o motorista com reivindicações de presos de cadeias do estado. Segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública, as imagens não serão divulgadas, mas o conteúdo apresenta reclamações dos detentos sobre suposto mau atendimento nas penitenciárias e atraso no acompanhamento de processos judiciais.

Antes de atear fogo no coletivo, os criminosos mandaram os passageiros descerem e não houve registro de vítimas. A polícia ainda não localizou os criminosos.

Esse é o 86º ataque a ônibus no estado desde o começo deste ano, segundo da secretaria de Segurança. O órgão afirma que o caso foi um ato isolado, mas que não será negligenciado.

A polícia continua investigando a relação deste crime com os ataques no começo do ano, quando mais de 100 ocorrências foram registradas em várias cidades de Santa Catarina e atribuídas ao Primeiro Grupo Catarinense (PGC), facção criminosa que atua no estado. Na época, gravações telefônicas obtidas pela polícia registraram presidiários ordenando ataques como reação às condições das cadeias estaduais.

Leia também:

Florianópolis, a ilha da magia, perde seu encanto

SC: como começou a onda de ataques no estado