Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Acervo do Museu da Língua Portuguesa terá recuperação plena, diz Secretaria da Cultura

Órgão também garante que o local atendia a todos os requisitos necessários para a segurança e que possuía seguro contra incêndio de 45 milhões de reais

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo afirmou, em comunicado, que o acervo do Museu da Língua Portuguesa, na região da Luz, em São Paulo, terá “recuperação plena” após o incêndio que tomou sua estrutura na tarde desta segunda-feira. “A Secretaria esclarece que todo o acervo do museu era virtual, por isso, sua recuperação plena será possível após a reconstrução do edifício, medida já anunciada pelo governador Geraldo Alckmin”, diz o texto, que também afirma que a obra será priorizada pela gestão estadual em parceria com entidades parceiras.

Leia também:

Incêndio de grandes proporções atinge o Museu da Língua Portuguesa

Incêndio na Luz destrói parte de patrimônio histórico de São Paulo

A secretaria garante que o museu atendia a todos os requisitos necessários para a segurança e a circulação de visitantes e funcionários e que os procedimentos de segurança eram verificados periodicamente. “Além disso, possui seguro contra incêndio da ordem de 45 milhões de reais.” Nesta segunda, o museu estava fechado, como acontece semanalmente, por isso não recebia visitantes na hora do incêndio.

A secretaria também lamentou a morte do bombeiro civil Ronaldo Pereira, morto durante o combate às chamas no museu. Ele chegou a ser socorrido e levado para o Hospital das Clínicas, mas não resistiu. “A destruição parcial do prédio é uma grande perda, mas nunca comparável à vida humana, essa sim, insubstituível. Nos solidarizamos com seus familiares”, diz o comunicado.

O incêndio, que começou no primeiro andar do edifício, segundo os Bombeiros, consumiu praticamente todo o telhado do prédio. De acordo com o secretário estadual de Cultura, Marcelo Araújo, uma perícia vai apurar as causas do incêndio.

(Da redação)