Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
#VirouViral Por Coluna Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

Dica: não lute com um canguru como no vídeo que se espalhou

O viral mostra homem socando o animal silvestre para salvar seu cachorro. Atitude foi arriscada, segundo especialista

Por Talissa Monteiro Atualizado em 30 jul 2020, 21h08 - Publicado em 8 dez 2016, 19h57

Um vídeo inusitado viralizou na internet na semana passada: nele, um canguru (!) segurava um cachorro pelo pescoço quando um homem, possivelmente o dono do bicho de estimação, chegou para salvar o animal, dando um soco no “sequestrador”. Em seguida, ambos pareciam ensaiar uma luta de boxe. O caso aconteceu na Austrália e o vídeo foi publicado por um amigo do homem que apareceu na gravação. As imagens foram postadas no Facebook e já têm mais de 4 milhões de visualizações.

Mas a situação, que divertiu usuários da rede, poderia não ter acabado bem. Segundo o médico veterinário e especialista em comportamento animal Guilherme Soares, a dica é nunca se aproximar de um animal desconhecido. A “sorte” do homem, de acordo com o profissional, é que o canguru fugiu pois se sentiu ameaçado por um ser humano maior que ele.

LEIA MAIS:
Viral propõe a questão: “Quanto custa casar?”
Mulher decora jardim com as cores do arco-íris em resposta a declaração homofóbica de vizinho

“No entanto, se o animal tivesse optado por lutar, o rapaz poderia ter levado a pior. Cangurus têm os membros traseiros bem fortes e eles costumam atacar também com “pesadas”. Ou ele poderia ter tentado agarrar o rapaz pelo pescoço, fazendo estrago semelhante ao que provocou no cão”, explicou.

Soares ainda ressalta que, provavelmente, foi a ligação emocional com o cachorro que levou o homem a se arriscar. “Acredito que o rapaz só tenha feito o que fez para salvar o seu cão. Ele não teria se arriscado com um canguru por qualquer outro motivo”, concluiu. Até porque, sem a justificativa do “sequestro”, o ato poderia ser classificado como uma crueldade contra o animal silvestre. 

Continua após a publicidade
Publicidade