Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A fofa história por trás da tatuagem que viralizou no Twitter

A avó da estudante Marcella começou a estudar depois dos 70 anos e escreveu à mão uma cartinha para a neta

Em sua conta no Twitter, a estudante Marcella Martins, de 19 anos, postou uma foto de sua mais recente tatuagem – e o motivo não poderia ser mais bonito. A letra, grande e desalinhada, é da avó, Gelsa, que até pouco tempo era analfabeta, e decidiu aprender a ler e escrever já na terceira idade. A homenagem da neta comoveu as redes sociais e o amor entre as duas virou alvo de admiração na última semana.

Com algum tempo de estudo, a senhora escreveu uma carta para Marcella, que decidiu eternizar a mensagem em sua pele. A atitude alcançou mais de 40.000 curtidas no perfil da menina na rede social.

Novos obstáculos pararam aulas da leitura

Marcella conta que sua avó mora em uma comunidade em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Ela começou a trabalhar aos 12 anos, para ajudar na criação dos irmãos, e por isso não teve a oportunidade de estudar, ainda que tivesse vontade.

Quatro filhos e oito netos depois, dona Gelsa, de 73 anos, decidiu entrar na escola por vontade própria e com o apoio dos familiares. “Ela queria aprender. Olhava as coisas e queria saber o que estava escrito ali, para ser mais independente”, destacou a estudante em conversa com o #VirouViral.

Veja também

A senhora iniciou os estudos na Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal João Brazil, no Morro do Castro, em Niterói. No início, por ser mais velha, Gelsa encarou desafios na alfabetização, mas encontrou conforto nos colegas em situação semelhante, fundamentais para sua adaptação. Quando já estava na fase de aprender a ler, outra barreira surgiu: a descoberta de um câncer no pulmão.

Com a doença, a senhora teve de deixar as aulas temporariamente e passou os meses de tratamento na casa em que Marcella mora com o irmão e os pais. A avó, que ajudou na criação dos irmãos desde pequenos, dormia no quarto da neta, e a relação se estreitou ainda mais.

Ideia de tatuagem já era antiga

Mesmo depois de ter recebido alta, dona Gelsa continuou sendo visita constante, principalmente depois que a mãe de Marcella também descobriu um problema de saúde, tendo que passar por uma cirurgia.

Em um desses encontros, a neta pediu que ela escrevesse alguma coisa, com a intenção secreta – e antiga – de tatuar o recado. Ela conta que a senhora repetia as palavras em voz alta enquanto escrevia, como uma criança, o que fez do momento ainda mais significativo.

Já no dia seguinte, a jovem levou o papel ao tatuador e eternizou a carta na pele. Além do tuíte, a estudante declarou seu gesto no Instagram, e a mãe da jovem leu para Gelsa o texto postado. “Ela respondeu que era uma coisa linda. ‘Como ela tem cabeça para escrever tantas coisas assim, né?’, e chorou ao telefone.”

View this post on Instagram

Minha avó sempre foi uma mulher muito guerreira. Com 12 anos ela tinha que trabalhar em casa de famílias, para poder ajudar a sustentar todos os seus irmãos e além disso ainda cuidava deles em casa. Ela sofreu muito na sua infância, mas nem por isso ela virou uma pessoa ruim ou " revoltada " com a sua vida. Pelo contrário, minha avó sempre foi uma ótima pessoa que sempre ajudou as pessoas, sem ao menos pedir ou querer nada em troca. Por ter começado a trabalhar muito cedo, ela não teve a oportunidade de estudar e acabou ficando analfabeta, porém mesmo mais velha, ela nunca desistiu de aprender a ler e escrever. Depois de um tempo ela entrou para a escola e ainda está aprendendo a ler e escrever algumas coisas. Ontem ela escreveu em um papel exatamente o que está na foto e me deu, fiquei tão feliz que não consigo nem explicar o quanto!!!! Alguns meses atrás minha avó descobriu que estava com um câncer no pulmão e nossa família não esperava isso, ela tinha até parado de fumar, mas infelizmente o câncer já estava ali. Por sorte ele foi descoberto no início… Minha avó falava que ia morrer, que não aguentava mais e isso me deixava muito triste. O momento mais difícil para mim foi quando minha mãe raspou a cabeça dela ( ela amava o cabelo dela ). Mas graças a Deus nós conseguimos anima lá com o nosso amor e a união da nossa família e hoje minha avó já está com o cabelo lindo e está muito feliz. Para que eu fiz esse texto? Só para dizer para vocês, valorizem as pessoas que vocês amam, pode ser que não seja pra sempre e para você que está passando alguma dificuldade, necessidade na sua família, calma, isso vai passar! Confia e tenha fé. Vó, eu te amo 😍❤️😍

A post shared by Cella (@cella_martiins) on

Surpresa, a estudante diz que sua avó ficou feliz ao saber da repercussão, e destaca que recebeu de volta diversas histórias de carinho, que renovaram sua esperança: “Tenho muito orgulho de ter a Gelsa como minha avó, ela passou por muita coisa difícil na vida, o câncer foi só mais uma batalha que ela conseguiu vencer.”

 

Serviços que oferecem educação para jovens e adultos no estado de São Paulo

Aulas de Alfabetização para Idosos – Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia 
ipgg-convivencia@saude.sp.gov.br
(11) 2030-4007

Consulte os endereços das escolas que oferecem o Ensino de Jovens e Adultos (EJA)
http://www.educacao.sp.gov.br/educacao-jovens-adultos

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s