Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Gente Por João Batista Jr. Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Silvia Abravanel vai ‘ensinar’ a castidade na Escola das Princesas

Maria Carolina Maia Apresentadora do Bom Dia & Companhia, programa infantil que ocupa as manhãs do SBT, Silvia Abravanel quer agora moldar uma parte de seu público. Na última semana, ela abriu em São Paulo a sua Escola de Princesas, filial do curso criado em Uberlândia para meninas de 4 a 15 anos que tomam […]

Por Maria Carolina Maia - Atualizado em 8 Feb 2017, 08h27 - Publicado em 24 Oct 2016, 16h23

silvia-abravanel-2

Maria Carolina Maia

Apresentadora do Bom Dia & Companhia, programa infantil que ocupa as manhãs do SBT, Silvia Abravanel quer agora moldar uma parte de seu público. Na última semana, ela abriu em São Paulo a sua Escola de Princesas, filial do curso criado em Uberlândia para meninas de 4 a 15 anos que tomam um banho de conceitos e valores tradicionais, como o da iniciação sexual tardia. Ela falou ao site de VEJA sobre a Escola de Princesas. Confira:

 

Continua após a publicidade

Como surgiu a ideia de abrir uma Escola de Princesas em São Paulo? Nada melhor que usar o exemplo que tenho em casa, sou mãe e crio minhas filhas com princípios e valores, fiz aulas de etiqueta com a (ex-modelo) Christine Yufon e isso me trouxe os bons modos e a vontade de repassar o que aprendi para dentro e fora de casa. Percebi que estes valores estão se perdendo em meio à tecnologia e foi assim que surgiu a vontade de abrir a escola.

Que valores você acha importante resgatar, hoje, para as meninas? Educação, bons modos, caráter, dignidade, humildade, amor próprio e gratidão, entre outros. Na verdade, são valores importantes para todas as crianças, pois, agregados, elas irão aplicá-los com o próximo e nas suas conquistas. Com certeza, serão pessoas mais resolvidas e felizes.

Aprender a fazer corte e costura e a cozinhar é mesmo necessário? É importante ter uma noção básica de tudo para saber resolver qualquer situação, eu mesma já tive que dar uns pontinhos em vestidos de amigas em ocasiões especiais porque aconteceu um “acidentizinho”.

A Escola de Princesas aceita inscrição de garotos? Por enquanto, não, mas quem sabe no futuro.

Continua após a publicidade

E alunas transgêneros? Sim, elas serão super bem-vindas.

Na sua opinião, há idade certa para uma menina começar a namorar e a ter relações sexuais? Um dos motivos por que estou me empenhando na Escola de Princesas é o resgate de valores morais das meninas que estão iniciando a vida sexual cedo demais. Fui educada para me casar virgem e comecei minha vida sexual tardiamente, não pulei fases e foi minha melhor escolha. Garanto que os pais e os avós irão nos agradecer por conseguirmos, nem que seja em um grupo pequeno, resgatarmos estes conceitos.

Qual a procura da escola? A procura está grande, estamos muito felizes com a aceitação e a reação das crianças e dos pais ao entrarem em nosso castelo. Em relação aos inscritos, prefiro não falar em números para não ostentar o projeto.

Publicidade