Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cabrerizo e a vida na Europa: ‘eu ralei, fui motorista, garçom’

Protagonista da novela 'Tempo de Amar' viveu fora do Brasil por doze anos e afirma: 'Percebo a loucura que fiz ao deixar meu país'

Logo em sua primeira novela no Brasil, Bruno Cabrerizo conquistou o papel de protagonista. O Inácio de Tempo de Amar, contudo, vem de uma longa temporada fora do país, onde a vida não foi fácil. O carioca já morou em Portugal e na Itália e garante que não teve mordomias: “A realidade lá fora é dura. Somos considerados estrangeiros e temos que ralar muito para obter as nossas coisas. Batalhei pra chegar aqui, e quando olho pra atrás, percebo a loucura que fiz ao deixar meu país de origem”, contou para VEJA.

Aos 38 anos, o ator afirma que está realizado com o trabalho na dramaturgia, após já ter experimentado de tudo um pouco. Cabrerizo tinha o sonho de ser jogador de futebol profissional quando era mais novo. “O futebol sempre foi uma paixão. Eu era zagueiro e joguei até os meus 24 anos. Quando percebi que não tinha mais tesão por aquilo, decidi parar”, explica.

Após jogar em clubes no Japão e na Itália, Cabrerizo trabalhou em diversas outras áreas: “Fui garçom, motorista de hotel, Relações públicas em uma discoteca, trabalhei na contabilidade de uma multinacional na Itália até entrar no mundo da moda, que me dava mais possibilidades financeiras de continuar a minha formação como ator”. A volta para o Brasil aconteceu depois de trabalhar com Jayme Monjardim no filme O Avental Rosa. Depois disso, o diretor o chamou para o novo folhetim.

O ator Bruno Cabrerizo na novela ‘Tempo de Amar’

O ator Bruno Cabrerizo na novela ‘Tempo de Amar’ (Reprodução/TV Globo)

De volta ao país de origem, depois de doze anos no exterior, Cabrerizo ainda não tem planos para o futuro. O ator possui dois filhos com a italiana Maria Caprara: Gaia, de 7 anos, e Elia, de 4. “Estou num momento muito feliz da minha vida. Ainda não sei o que vai acontecer quando Tempo de Amar terminar. Meus filhos estão na Itália e eu estou aqui por eles também. Trabalhando por eles, primordialmente. É duro ficar tão longe. Mas se outras oportunidades de trabalho acontecerem no Brasil, claro que continuarei por aqui.”

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Três Atrizes De Sorrisos
    Lindos E Semelhantes…
    Vitória Strada
    Alinne Moraes
    Joana Borges

    Curtir