Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Nova Temporada Por Fernanda Furquim Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

Trailer de ‘Undercover’, que estreia em abril

Undercover é um novo drama jurídico criado por Peter Moffat, responsável por séries como Silk e Criminal Justice (esta última terá um remake americano com o título de The Night Of). A história apresenta a trajetória de Maya (Sophie Okonedo, de The Slap AU, The Escape Artist), a primeira mulher negra a assumir o cargo de […]

Por Fernanda Furquim Atualizado em 30 jul 2020, 23h18 - Publicado em 13 mar 2016, 09h02

Undercover

Undercover é um novo drama jurídico criado por Peter Moffat, responsável por séries como Silk e Criminal Justice (esta última terá um remake americano com o título de The Night Of).

A história apresenta a trajetória de Maya (Sophie Okonedo, de The Slap AU, The Escape Artist), a primeira mulher negra a assumir o cargo de diretora do Ministério Público. A partir daí, sua vida passa a ser vasculhada, especialmente pela imprensa.

Neste meio tempo, ela descobre que Nick (Adrian Lester, de Hustle, Red Band Society), seu marido e pai de seus filhos, vem mentindo para ela durante anos. Agora ela precisa descobrir quem ele realmente é.

Enquanto isso, Maya tenta ajudar seu amigo Rudy Jones (Dennis Haysbert, de 24 Horas, Backstrom), um homem que está há vinte anos no corredor da morte, condenado por um assassinato que não cometeu.

Mais informações sobre o enredo e o elenco aqui.

Continua após a publicidade

Undercover, que tem seis episódios, estreará em abril em data ainda a ser divulgada.

Estrelada por atores negros, a série seria uma resposta da rede BBC às críticas que vem recebendo por parte de grupos que defendem as minorias étnicas. Acusada de não produzir regularmente programas para o horário nobre estrelados por representantes da minoria (que não retratem questões étnicas), a BBC estaria se organizando para começar a encomendar séries, especiais e telefilmes que atendam este quesito. Dizem que seu objetivo é o de elevar em 17% a produção estrelada por atores negros até 2017.

Em entrevistas, atores ingleses negros reclamam da falta de trabalho na TV de seu país, afirmando que recebem mais ofertas dos EUA que da BBC ou outros canais. É claro que temos que considerar o fato de que a TV americana produz um número muito maior de séries e minisséries que a Inglaterra. Mas, segundo eles, quando são contratados é, geralmente, para interpretar amigos dos protagonistas. Quando conseguem um papel principal, estão cercados por atores brancos, sem representantes de sua etnia interpretando seu amigo ou colega de trabalho (geralmente, aparecem apenas como membros de sua família). Idris Elba, que estrelou Luther, disse em entrevistas que existem pessoas na BBC que desejam mudar esta situação, mas eles têm dificuldades de colocar este desejo em prática.

Segundo a imprensa britânica, 40% da população de Londres é representante das chamadas minorias. No entanto, nem 10% das séries inglesas os representam, sendo que isto também incluiria os membros da equipe de produção.

Cliquem na foto para ampliar.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=5Zsa740LItw?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Continua após a publicidade
Publicidade