Clique e assine a partir de 9,90/mês
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Bolsonaro quer decretar milícia como atividade essencial

A prática de rachadinha e a interferência em investigações policiais também estão sendo analisadas

Por Sensacionalista - Atualizado em 15 maio 2020, 14h04 - Publicado em 15 maio 2020, 06h00

Enquanto governos e municípios planejam lockdowns, Bolsonaro decretou que salões de beleza, barbearias e academias são atividades essenciais. “É um direito da pessoa morrer bonita e sarada, tá o.k.?”, declarou o presidente. Fontes ligadas ao Planalto revelam que as próximas atividades que devem ser consideradas essenciais são: agiotagem, cobrança por segurança, gato de TV a cabo e internet e extermínios em geral. A prática de rachadinha e a interferência em investigações policiais também estão sendo analisadas. Desorientada, a população não sabe se continua não indo à academia com ela aberta ou não indo à academia com ela fechada.

Publicado em VEJA de 20 de maio de 2020, edição nº 2687

Publicidade