Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vice de Witzel já faz tabelinha com clã Bolsonaro nas redes

Governador em exercício comemorou apoio de Flávio Bolsonaro na discussão da recuperação fiscal do Rio

Por Mariana Muniz 31 ago 2020, 14h50

Governador em exercício do Rio de Janeiro há três dias, Claudio Castro já não esconde estar trabalhando para “recriar as pontes” entre a família Bolsonaro e o estado — rompidas desde que Wilson Witzel resolveu comprar briga com Jair Bolsonaro, no ano passado.

Na semana passada, a notícia de que Castro estava reunido com integrantes do clã presidencial às vésperas do afastamento de Witzel já havia jogado luz sobre essa tentativa de reaproximação. Nesta segunda-feira, o governador em exercício comemorou publicamente a retomada.

‘Recebi agora há pouco uma ligação do senador @FlavioBolsonaro, que se colocou à disposição para ajudar o Estado do Rio de Janeiro na renovação do Regime de Recuperação Fiscal. Diálogo! Todos pelo Rio”, escreveu em seu perfil no Twitter.

Em entrevista coletiva concedida na sexta-feira, Witzel questionou os interesses da família Bolsonaro em seu afastamento.  “Um afastamento de 180 dias? Por quê? Em dezembro eu tenho que escolher o novo procurador-geral de Justiça. Isso é um ultraje à democracia. Por que 180 dias, se em dezembro eu tenho que escolher o novo procurador-geral de Justiça?”, disse, em referência à nomeação do futuro Procurador-Geral de Justiça do Rio, em dezembro. 

Continua após a publicidade
Publicidade