Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

TSE reage a acusações de Bolsonaro sobre fraude nas eleições

Corte Eleitoral diz que é preciso zelar pela credibilidade do processo eleiroral brasileiro

Por Mariana Muniz 10 mar 2020, 13h59

O TSE se manifestou sobre as declarações de Jair Bolsonaro de que houve fraude nas eleições de 2018, que o elegeram.

Na nota, o tribunal, que é presidido pela ministra Rosa Weber, reafirmou a “absoluta confiabilidade e segurança do sistema eletrônico de votação e, sobretudo, a sua auditabilidade”.

O TSE também afirma que o sistema das urnas eletrônicas, usado há mais de 20 anos, nunca teve comprovada qualquer fraude, ainda que seja perfeitamente auditável.

“Naturalmente, existindo qualquer elemento de prova que sugira algo irregular, o TSE agirá com presteza e transparência para investigar o fato. Mas cabe reiterar: o sistema brasileiro de votação e apuração é reconhecido internacionalmente por sua eficiência e confiabilidade”, continua a Corte, na nota, que pede ainda zelo à credibilidade do sistema eleitoral brasileiro.

“Eleições sem fraudes foram uma conquista da democracia no Brasil e o TSE garantirá que continue a ser assim”, conclui.

Continua após a publicidade
Publicidade