Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Toffoli altera grupo de trabalho para segurança pública

Grupo é presidido por Alexandre de Moraes

Por Da Redação Atualizado em 14 jan 2019, 11h43 - Publicado em 14 jan 2019, 11h34

Criado em novembro do ano passado pelo Presidente do STF e do CNJ, Dias Toffoli, o grupo de trabalho para segurança pública terá sua composição alterada.

Isso porque o general da reserva Fernando Azevedo e Silva foi nomeado por Bolsonaro como Ministro da Defesa. Assim, ele não poderá mais integrar o grupo, presidido por Alexandre de Moraes.

No lugar de Azevedo e Silva, entra o general da reserva Ajax Porto Pinheiro.

Ajax, que liderou as tropas da ONU no Haiti a pedido de Ban Ki-moon, já havia sido convidado por Toffoli para ser o seu assessor especial, substituindo o general Azevedo e Silva.

Também ingressou no grupo Rodrigo Mudrovitsch, advogado que fez parte da comissão de juristas criada pelo Congresso Nacional para atualizar a lei de improbidade administrativa.

Continua após a publicidade
Publicidade