Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Suspeição: duas testemunhas de Dilma assinaram manifesto contra o impeachment

Se Ricardo Lewandowski seguir o critério usado para o procurador Júlio Marcelo, pelo menos testemunhas de defesa de Dilma Rousseff também deverão ser consideradas suspeitas e terão que ser transformadas em informantes: a ex-secretária de Orçamento Federal Esther Dwek e o professor da Unicamp Luiz Gonzaga Belluzzo. Os dois assinaram um manifesto de economistas contra […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h01 - Publicado em 25 ago 2016, 17h06
Fazendo as contas

Menos duas testemunhas

Se Ricardo Lewandowski seguir o critério usado para o procurador Júlio Marcelo, pelo menos testemunhas de defesa de Dilma Rousseff também deverão ser consideradas suspeitas e terão que ser transformadas em informantes: a ex-secretária de Orçamento Federal Esther Dwek e o professor da Unicamp Luiz Gonzaga Belluzzo.

Os dois assinaram um manifesto de economistas contra o impeachment. A carta foi enviada a Lewandowski e pedia que ele “sustasse o golpe” em curso no Brasil.

Publicidade