Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O plano da AGU para evitar fim da prisão em segunda instância

André Mendonça pretende visitar os gabinetes dos onze ministros até esta quinta

Chefe da Advocacia-Geral da União, André Mendonça traçou um plano para tentar convencer os ministros do Supremo Tribunal Federal a manterem a regra que permite a prisão de criminosos após condenação em segunda instância.

Mendonça inventariou alguns dos mais violentos casos de criminosos – estupradores e assassinos, por exemplo — condenados em segunda instância que poderão ser beneficiados pela decisão do STF.

Mendonça quer, com isso, passar a mensagem de que o Supremo não pode olhar apenas para os casos da Lava-Jato, os chamados crimes do colarinho branco. É preciso lembrar da criminalidade comum.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. carlos moura

    Alguns do STF pretendem revogar a Lei da Gravidade. Quem não estiver flutuando será preso por atentado à democracia.

    Curtir

  2. Geraldo Pereira

    Se depender dessa nojenta corte, logo logo os corruPTos e corruPTores estarão e liberdade.

    Curtir