Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Nordeste é região que mais culpa Bolsonaro por mortes na pandemia

Levantamento mostra que 38,2% dos nordestinos atribuem ao presidente a responsabilidade pelas 25.000 vidas perdidas para o coronavírus

Por Robson Bonin 28 Maio 2020, 06h01

Nesta quarta-feira, o Brasil passou das 25.000 mortes na pandemia de coronavírus. Na edição de VEJA que está nas bancas, o Radar revela o resultado do levantamento nacional realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas sobre a responsabilidade das autoridades brasileiras pela tragédia.

Entre os dias 15 e 19, o instituto perguntou a 2.258 brasileiros das 27 unidades da federação: “Em sua opinião, quem é o maior responsável pelas mortes causadas pelo coronavírus no Brasil?”

Bolsonaro foi apontado como o grande responsável por 35,1% dos entrevistados. Em segundo nas citações estão os governadores, lembrados por 12,7% dos entrevistados.

O STF (5,6%) e o Congresso (3,2%), inimigos do bolsonarismo, aparecem bem abaixo e até a China, alvo dos ataques de Eduardo Bolsonaro, do chanceler Ernesto Araújo e de Abraham “Cebolinha” Weintraub, foi citada por 4%, nem perto do resultado de Bolsonaro.

Quando são analisados os dados da pesquisa por região do país, o Nordeste é a região que mais culpa Bolsonaro pelas mortes: 38,2%. O Sudeste é a região que menos culpa o presidente, 33%. Já Sul, Centro-Oeste e Norte empatam em 35%.

Continua após a publicidade
Publicidade