Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lula comemora impacto do coronavírus na política liberal de Guedes

'Ainda bem que a natureza criou esse monstro chamado coronavírus para que as pessoas percebam que apenas o Estado é capaz de dar a solução', disse petista

Por Mariana Muniz - Atualizado em 19 Maio 2020, 17h30 - Publicado em 19 Maio 2020, 17h29

Em live realizada na tarde desta terça, o ex-presidente Lula deu sinais de que é possível enxergar pontos positivos na tragédia provocada pelo coronavírus, que evolui para chegar a 20.000 mortes no país nesta semana.

Na lógica política do petista, o estrago produzido pelo coronavírus na agenda liberal do governo de Jair Bolsonaro é algo a ser comemorado. “Ainda bem que a natureza criou esse monstro chamado coronavírus para que as pessoas percebam que apenas o Estado é capaz de dar a solução, somente o Estado pode resolver isso”, disse Lula.

O petista produziu a pérola ao criticar a postura de Bolsonaro que tenta a todo custo reabrir as cidades para evitar prejuízos econômicos enquanto pessoas morrem e o SUS se aproxima do colapso. Na avaliação do petista, Bolsonaro deveria parar de choramingar contra governadores e colocar o motor do Estado para sustentar a atividade econômica na pandemia.

“Imagina quando Roosevelt teve que agir na guerra. Você acha que ele estava preocupado com orçamento? Não! Ele tinha que fazer armas para vencer a guerra. Na guerra contra o coronavírus, eles não cumprem sequer a promessa de dar 600 reais para as pessoas ficarem em casa e se protegerem”, afirmou.

A lógica petista de que o estado deve ser o indutor da economia fecha os olhos ao passado. Não fossem os escândalos de corrupção e os descalabros na política econômica da era PT, talvez agora o caixa estatal não tivesse tão quebrado, e talvez agora o país não tivesse Bolsonaro no Planalto.

Continua após a publicidade
Publicidade