Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Luiz Eduardo Ramos confirma a ruína do ‘coitado’ Onyx na Casa Civil

Ministro admite que Bolsonaro tirou o colega da articulação política porque ele não estava dando conta do recado

Por Robson Bonin - 11 dez 2019, 13h08

Na entrevista que concedeu ao jornal Folha de S.Paulo nesta quarta, o chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, dimensiona o tamanho da desmoralização de Onyx Lorenzoni na Casa Civil.

Além de soltar um “coitado” ao falar do colega gaúcho, Ramos confirma que Onyx foi tirado da articulação política por Jair Bolsonaro porque não estava dando conta do serviço.

“Quando o presidente decidiu tirar o Onyx da articulação foi até para ajudá-lo”, disse Ramos. “Porque o Onyx, coitado, estava com a Casa Civil, que é transversal a todos os ministérios, e ainda sendo cobrado por cargos e emendas. Não estava dando certo”, complementou.

O problema nessa avaliação de Ramos é que Onyx ainda hoje tenta se meter na gestão dos outros ministérios quando o assunto é justamente “cargos e emendas”. Ele promete o que não pode cumprir e a bronca no Congresso fica com os titulares das pastas.

Publicidade