Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Luis Miranda revive papel de Roberto Jefferson na CPI

Bolsonaro revive papel de Lula no mensalão, com deputado anunciando que o alertou sobre corrupção no governo

Por Robson Bonin Atualizado em 24 jun 2021, 09h43 - Publicado em 24 jun 2021, 10h02

Convertido em homem-bomba de Jair B0lsonaro, uma espécie do que foi Roberto Jefferson para Lula, o deputado Luis Miranda pretende mostrar aos senadores da CPI da Pandemia o passo a passo dos contatos que teve com o presidente nos dias em que foi ao Palácio da Alvorada para revelar a existência de um esquema de corrupção na Saúde.

Miranda, segundo os senadores, não gravou a conversa que teve com Bolsonaro, mas salvou mensagens de celular disparadas quando estava a caminho do Alvorada e as fotos que tirou com o presidente.

No primeiro governo petista, Jefferson revelou ter ido a Lula e revelado a corrupção no governo. “O presidente chorou”, disse Jefferson ao jornal Folha de S.Paulo.

No caso em questão, Miranda não viu Bolsonaro chorar, mas ouviu uma promessa de que a PF seria acionada para investigar o caso. Nada foi feito e quem agora é investigado pela PF e outros órgãos do governo é justamente o deputado que alertou o presidente.

 

Continua após a publicidade
Publicidade