Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justiça suspende processos disciplinares do PSL contra bolsonaristas

Juiz atendeu a pedido feito por 20 deputados do PSL que podem ser punidos pelo partido

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) atendeu a um pedido de deputados da ala bolsonarista do PSL e deu uma liminar suspendendo todos os processos disciplinares abertos pelo partido contra eles.

A decisão do juiz Alex Costa de Oliveira, da 6ª Vara Cível de Brasília, também suspende a reunião do partido marcada para a tarde desta terça-feira para tratar de eventual punição aos parlamentares.

A ação foi apresentada por 20 deputados, entre eles Eduardo Bolsonaro, novo líder do partido na Câmara, e nomes como Carla Zambelli, Bibo Nunes e Bia Kicis.

“Ante o exposto, com o apoio no art. 305 do CPC e com base em cognição sumária, DEFIRO A TUTELA CAUTELAR ANTECEDENTE, prevista no pedido letra “a”, para determinar que sejam suspensos todos os processos disciplinares instaurados em desfavor dos requerentes pelo partido réu, PSL,
até o julgamento desta ação cautelar, quando será avaliada, principalmente, a alegação de que as notificações estavam desacompanhadas do inteiro teor da representação”, decidiu o magistrado.

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s