Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Hora de apurar

Os conselhos de Gilberto Carvalho ao presidente do Cade, Vinicius Carvalho, (Leia mais em: Conselho amigo) caíram como uma bomba na turma da oposição que já vinha trabalhando para o governo explicar o currículo seletivo de Vinicius, que omitiu do documento o período em que trabalhou para um deputado petista. Amanhã de manhã, o líder […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 05h11 - Publicado em 14 out 2013, 19h16
Ao pé do ouvido

Ao pé do ouvido

Os conselhos de Gilberto Carvalho ao presidente do Cade, Vinicius Carvalho, (Leia mais em: Conselho amigo) caíram como uma bomba na turma da oposição que já vinha trabalhando para o governo explicar o currículo seletivo de Vinicius, que omitiu do documento o período em que trabalhou para um deputado petista.

Amanhã de manhã, o líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio, vai entregar ao Conselho de Ética da Presidência da República o registro do almoço entre Gilberto Carvalho e Vinicius, na segunda-feira passada, em Brasília.

Sampaio também incluirá o parecer da Comissão de Ética recomendando a saída de Elano Figueiredo da diretoria da ANS, depois de descoberto que ele excluiu de seu currículo uma informação fundamental: a experiência como advogado de um plano de saúde.

Se foi aconselhado a Figueiredo sair de cena, a oposição quer saber por que o colegiado não sugere a Vinicius deixar a presidência do Cade. Sampaio vai apensar os novos dados às representações que já estão sendo analisadas pela Procuradoria-geral da República e pelo próprio Conselho de Ética.

Continua após a publicidade
Publicidade